Saiba mais sobre os encurtadores de links!

Sabe quando você quer compartilhar um link com algum amigo, vai no navegador, copia o endereço e percebe que a URL (link) está enorme?

Pois bem, um serviço que vem crescendo há algum tempo é dos encurtadores de links. 
Mas afinal de contas, como eles funcionam? 
É bem simples, você cópia o link que deseja encurtar, entra na página de um desses serviços, cola na área indicada e aperta o botão “encurtar link” (shorten).

Na sequência, você receberá um novo link com tamanho reduzido, ótimo para compartilhar pelo Twitter, Instagram ou Facebook.

Qual a mágica desse serviço? Na verdade seu link original não está sendo encurtado e sim redirecionado! Ou seja, um servidor no meio do caminho faz a interface entre o link reduzido que você recebeu e o link original, ocorrendo o redirecionamento!

Obviamente, para este tipo de redirecionamento o fator “tempo” é importante. Se o servidor estiver sobrecarregado, o processo pode demorar ou mesmo não acontecer (o usuário recebe a indicação de erro na página do navegador). Neste caso é importante utilizar um serviço confiável!
Outro fator é o risco. Alguns usuários mal intencionados podem usar links encurta dos para encaminhar os usuários para locais com códigos maliciosos, vírus e outras pragas virtuais, muitas vezes para roubar dados dos usuários menos informados! Sua atenção e um bom antivírus são sempre recomendados!

Existem aplicações, que podem mostrar para o usuário a qual local original, o link encurtado se refere. Um exemplo é o site  LongURL

Alguns administradores de redes, bloqueiam o acesso aos encurtadores de links e URLs encurtadas, para diminuir os riscos! Portanto pense bem antes de utilizar o serviço para  compartilhar seus links!

Conheça abaixo alguns dos principais encurtadores de links utilizados na web:

http://goo.gl
http://bitly.com
http://tinyurl.com
http://migre.me
http://tiny.cc
http://bitw.in

Nos vemos em uma próxima!

Fabio Nascimento

Profissional com 20 anos de experiência na área de Segurança Eletrônica, sendo 14 deles dedicados a projetos, suporte e treinamentos na área de CFTV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *